Fachada do prédio da Academia Mineira de Letras Reprodução - Circuito Liberdade, em BH, ganha mais um integranteCultura 

Circuito Liberdade, em BH, ganha mais um integrante

A Academia Mineira de Letras é o décimo quarto equipamento a integrar o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, considerado o maior corredor cultural do país. O acordo de cooperação foi assinado entre a Secretaria Estadual de Cultura, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas (Iepha-MG) e a presidência da entidade no dia 17 de junho, mas só entrou em vigor a partir do final deste mês.

De acordo com o Iepha, a escolha de integrar a AML ao projeto se deu por vários fatores. Dentre eles, os 107 anos de história, reunindo grandes intelectuais e a elite acadêmica mineira; a localização privilegiada, tendo como sede o palacete construído na década de 1920 na Rua da Bahia, importante área cultural da cidade; e a possibilidade de construir novos conteúdos e roteiros de visitação do público.

 

A Academia

Fachada 2 reprodução 200x300 - Circuito Liberdade, em BH, ganha mais um integrante

 

Fundada em 1909 por um grupo de jornalistas, escritores, pessoas públicas e militantes literários e culturais, a Academia Mineira de Letras surgiu em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. A sede da entidade foi transferida para Belo Horizonte em 1915, mas só em 1987 passou a funcionar no prédio que conhecemos hoje, na Rua da Bahia, 1466, que é tombado como patrimônio histórico e artístico do Estado.

A casa possui um rico acervo e é composta por 40 membros, assim como as academias Brasileira e Francesa, que são eleitos por um colégio eleitoral em um processo aberto a todo cidadão brasileiro, desde que qualificado para integrar a agremiação.

 

O Circuito

Vista aérea da Praça da Liberdade onde estão concentrados a mioria dos prédios do Circuito. Reprodução Agência Minas 300x201 - Circuito Liberdade, em BH, ganha mais um integrante

 

O Circuito Liberdade foi criado em 2010 e reúne prédios de enorme valor simbólico, histórico e arquitetônico espalhados pelos entornos da Praça da Liberdade, na região Centro-Sul de BH, que foram repensados para explorar os mais diferentes aspectos do universo cultural e artístico.

Por meio de parcerias entre o governo do Estado e a iniciativa privada, o projeto proporciona aos visitantes uma diferente articulação com o espaço urbano. Desde 2015, é gerido pelo Iepha.

 

Conheça todos os integrantes do Circuito Liberdade:

  • Academia Mineira de Letras
  1. da Bahia, 1466, Lourdes. Aberta de 2ª a 6ª, das 14h às 18h30.
  • Arquivo Público Mineiro

Avenida João Pinheiro, 372, Funcionários. Aberto de 2ª à 6ª, das 9h às 17h.

  • Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa

Praça da Liberdade, 21 e Rua da Bahia, 1889, Funcionários. Aberta de 2ª a 6ª, das 8h às 18h.

  • Casa Fiat de Cultura

Praça da Liberdade, 10, Funcionários. Aberta de 3ª a 6ª, das 10h às 21h; e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.

  • Cefart Liberdade

Rua Sergipe, 884, Funcionários. Aberta de 2ª a 6ª, das 9h às 20h.

  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)

Praça da Liberdade, 450, Funcionários. Aberto de 4ª a 2ª, das 9h às 21h.

  • Centro de Arte Popular Cemig

Rua Gonçalves Dias, 1608, Funcionários. Aberto às 3ªs, 4ªs e 6ªs de 10h às 19h; nas 5ªs de 12h às 21h e aos sábados e domingos de 12h às 19h.

  • Espaço do Conhecimento UFMG

Praça da Liberdade, 700, Funcionários. Aberto de 3ª a domingo, de 10h às 17h; e às5ªs de 10h às 21h.

  • Horizonte Sebrae – Casa da Economia Criativa

Rua Santa Rita Durão,1275, Funcionários. Aberta de 2ª a 6ª, de 9h às 18h.

  • Memorial Minas Gerais Vale

Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários. Aberto às 3ªs, 4ªs, 6ªs e aos sábados, de 10h às 17h30; às 5ªs feiras de 10h às 21h30h e aos domingos de 10h às 15h30.

  • MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

Praça da Liberdade, s/n – Prédio Rosa, Funcionários. Aberto de 3ª a domingo, de 12h às 18h; e às 5ªs de 12h às 22h.

  • Museu Mineiro

Avenida João Pinheiro, 342, Funcionários. Aberto às 3ªs, 4ªs e 6ªs, de 10h às 19h; às 5ªs, de 12h às 21h e aos sábados e domingos, de 12h às 19h.

  • Palácio da Liberdade

Praça da Liberdade, 1, Funcionários. Fechado temporariamente para visitas.

  • BDMG Cultural

Rua da Bahia, 1600, Lourdes. Aberto de 2ª a domingo, das 10h às 18h.

 

Posts relacionados