Games 

Brasil Game Show 2016

Microsoft, Sony, Ubisoft, Warner, EA. Parece sonho?

Milhares de computadores e consoles distribuídos pelo São Paulo Expô criam o mundo mágico da Brasil Game Show 2016. Grandes empresas disponibilizam grandes títulos do mundo do vídeo game para teste do público. Com nomes recém lançados e alguns que o lançamento ainda estar por vir, a BGS se torna o paraíso de cinco dias para quem ama o universo gamer.

Como mais esperados da feira, os nomes Resident Evil 7, Horizon Zero Down, Detroit, The Last Guardian, Gears of war 4, Forza Horizon entre outros.

Para decepção do público a Sony não disponibilizou gameplays de teste para Detroit e The Last Guardian. Ao invés disso, uma nova parte do jogo está sendo apresentada em sessões fechadas e confidenciais.

Para deixar tudo mais interessante, Batman Arkhan VR está com os testes super restritos e apenas a imprensa pode testá-lo sem nenhum tipo de registro.

A equipe do Ahtitude assistiu tudo e a partir de hoje vai contando para vocês, tudo que achamos.

 

Gears of war 4:

A campanha está sensacional, gráficos lindos e a destruição do cenário é uma das melhores que a gente já viu.  A jogabilidade continua ótima e as execuções mais sangrentas do que nunca.

A nova raça, faz jus a franquia com muita diversidade de inimigos, que são difíceis de se enfrentar. Pelo pouco da campanha disponível para teste, já dá para notar que os personagens são carismáticos e com histórias individuais cativantes, não decepcionando os grandes fãs de Gears, que já estão acostumados com essa realidade.

O modo horda, que volta para a felicidade dos fãs é tão bom como nunca. Ele que foi extremamente aguardado, chega desafiante como nunca e com melhorias gráficas considerável comparada a beta liberada, está prometendo não decepcionar.

Gears é o grande exclusivo deste ano para Xbox One e Windows 10.

IMG_2997

Dead Rising 4:

Nova história com um velho conhecido, Frank West, de volta com seu inconfundível carisma e sua paixão por aniquilar zumbis de maneiras cada vez mais insanas.

Muitos, muitos zumbis, sangue e zoação com novas armas do tela natalino.

Jogabilidade aprimorada, principalmente na parte dos tiros. Maior e mais inovador e sem deixar de ser DeadRising.

Exclusivo temporário da Microsoft (Xbox/Windows10).

 

Detroit:

Com palestras reduzidas e restritas, a Sony mostrou um pouco a mais do que foi divulgado na E3 2016. O diretor do jogo, que também produziu o esperado Horizon, conta que Detroit vem para ser um dos títulos mais ousados da Sony e Quantic Dream.

Como exclusivo do PS4, a jogabilidade é bem parecida com a que jogadores estão acostumados. Além disso, não se pode descartar as grandes influências dos grandes nomes Heavy Rain e Beyond Two Souls, tanto no modo de jogo como no estilo da história.

Até então as informações são de que no momento controlaremos dois personagens. Após Kara, o novo personagem Connor nos foi apresentado como um android policial. Na cena, ele tem que salvar a vida de uma garotinha ameaçada de morte por um outro android com software descontrolado, o que o levou a confundir suas “emoções”.

Assim como Heavy Rain o jogo não é linear e o que acontece não pode ser desfeito. Segundo o diretor, a decisão foi tomada para que o jogador sinta o peso de cada uma de suas escolhas e trace o seu próprio destino dentro do game. Em Detroit a medida que você vai fazendo suas escolhas, uma porcentagem vai mostrando qual a probabilidade de sua missão ser um sucesso ou um fracasso total.

Um trabalho gráfico excepcional e uma história que promete ser alucinante. Com aproximadamente dez minutos de gameplay, a Sony soube exatamente como deixar todos nós com água na boca.

 

The Last Guardian

Um pequeno garoto acorda em um lugar desconhecido, com marcas no corpo e ao lado de uma enorme fera gravemente ferida. Esse é a sinopse do aguardado sucessor espiritual de Shadow of the Colossus e outro grande lançamento da Sony que também só possuiu gameplay em apresentação fechada.

O jogo é a mesma receita dos seus antecessores (jogos da Team Ico), com  narração, jogabilidade e estilo gráfico parecidos. Se inicia com o garoto, ajudando a grande fera Tito, curando-a, ganhando sua confiança e sua ajuda o que permite a continuação da história.

Como era esperado, pouco foi falado da história, com exceção da amizade de ambos e como um precisa do outro. O material audiovisual do jogo é impressionante e ele tem como características principais a resolução de diversos puzzles.

Posts relacionados