Esporte 

ASICS Golden Run BH

Cerca de 3 mil pessoas correram a ASICS Golden Run BH. Essa foi a quarta etapa em 2017 da Meia Maratona. O evento, de 21 quilômetros de extensão, teve estrutura comparada à de corridas internacionais.

O corredor Vithor David exibe, orgulhoso, a medalha que recebeu pela conclusão do percurso de 21 quilômetros. (Foto: Thiago Martins)

A preparação para o evento, que para muitos atletas vinha sendo realizada há meses, proporcionou uma boa prova, com muita quebra de recordes pessoas e ótimos resultados. Com postos de apoio e atendimento ao longo de todo o circuito, os atletas tiveram ainda uma recepção à altura para na Nova Praça da Pampulha. À disposição, havia massagem, banheiras de gelo e produtos para reposição de água e nutrientes.

Nova Praça da Pampulha recebeu a largada e a chegada dos atletas da ASICS Golden Run BH. (Foto: Thiago Martins)

Resultados

Na categoria elite masculina, o vencedor da ASICS Golden Run BH foi o etíope Ebisa Takele Kure. Ele teve tempo final de 1:5:47. O pódio foi também foi composto pelo queniano Kiprop Mutai e os brasileiros Edmilson dos Reis Santana, Valdir Sérgio de Oliveira e Vagner Noronha da Silva.

Pódio da elite masculina da Asics Golden Run BH (Foto: Thiago Martins)

 

Na elite feminina, a queniana Faith Chebet foi a primeira colocada, com tempo final de 1:18:01. Atrás dela, chegaram a etíope Lelse Birhanu e as brasileiras Rejane Bispo, Jaciane Barroso e Larissa Quintão.

Pódio da elite feminina da Asics Golden Run BH (Foto: Thiago Martins)

Superação

Markos Moura foi o melhor atleta masculino na categoria PNE, que reúne Portadores de Necessidades Especiais. O mineiro de Pará de Minas, que é pentacampeão brasileiro de ciclismo paralímpico, completou os 21 quilômetros da ASICS Golden Run BH em 1:22:02. Apesar do vento contrário, o que impediu que tivesse feito um tempo melhor, ele conta que essa marca é resultado de muito treinamento e um longo processo de preparação para competições desse tipo.

O pentacampeão brasileiro de ciclismo paralímpico Markos Moura foi o vencedor da categoria PNE na ASICS Golden Run BH. (Foto: Thiago Martins)

Já os etíopes Ebisa e Lelsey são atletas recém-apadrinhados por uma ONG missionária chamada Nova Flor. E já na primeira corrida profissional dos dois, conseguiram, respectivamente, o primeiro lugar masculino e o segundo feminino nas categorias de elite. Apesar de serem bastante tímidos e não saberem falar português, eles não conseguiram esconder a alegria de começar as carreiras com o pé direito.

Os etíopes Ebisa Kure e Lelse Birhanu, primeiro lugar masculino e segundo lugar feminino, respectivamente, fizeram a primeira corrida da carreira. (Foto: Thiago Martins)

Confira a matéria completa:

Os atletas masculino e feminino que concluíram a prova em primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto lugares receberam premiações em dinheiro que vão de mil a 6 mil reais.

Em 2017, a ASICS Golden Run já passou por Salvador, em maio, por São Paulo, em junho, e pelo Rio de Janeiro em julho. A próxima corrida será em Santiago, no Chile, no dia 10 de setembro. Em outubro, a prova volta ao Brasil para uma etapa em Brasília. Logo depois, segue para a reta final na América do Sul. Lima, no Peru, e Buenos Aires, na Argentina, receberão a prova em novembro.

 

Posts relacionados

Leave a Comment